valor da sabedoria

Atos, capítulo 7

Posted on: março 17, 2011

Graça e paz do Senhor Jesus!

Amado Deus, quero te exaltar, pois, só tu és digno de toda honra, glória e louvor, tu és Senhor absoluto da minha vida e em ti confio. Continua a me guiar de perto, a olhar por mim e derramar a cada dia uma porção maior da tua unção, do teu poder. Revela a tua palavra e acrescenta-me conhecimento de ti e da tua vontade. Em nome de Jesus. Amém.

Atos, capítulo 7

A defesa de Estêvão

Diante do conselho Estêvão narrava a relação de Deus com o homem a partir de Abrãao, com o qual o Senhor fez uma aliança, passando este a reconhecê-lo como único Senhor e sendo obediente ao Pai. E seguiu traçando a história dos descendentes de Abraão, Isaque e Jacó, que levaram adiante a aliança firmada com Deus.

Estevão recorda também a vida de Moisés e a missão que Deus deu a Ele, libertar o seu povo da escravidão no Egito, lembrando que este era aquele Moisés que disse aos filhos de Israel: O Senhor vosso Deus vos levantará dentre vossos irmãos um profeta como eu; a ele ouvireis. Mas o povo desconsiderou o aviso.

Relatando a história de Moisés, Estevão chega aonde desejava, ao comparar aqueles que o escutavam ao povo liberto do Egito, que por se cansar de aguardar 40 dias a descida de Moisés do Monte Sinai, onde Deus lhe entregou as tábuas dos 10 mandamentos, fizeram para si um deus, um bezerro de ouro para o adorar, afastando-se Deus deles.

Pela atitude do povo de sua época, que se diziam servos de Deus, Estevão os considerou como homens de dura cerviz, incircuncisos de coração e ouvido e disse: “Vós sempre resistis ao Espírito Santo; assim vós sois como vossos pais. A qual dos profetas não perseguiram vossos pais? Até mataram os que anteriormente anunciaram a vinda do Justo, do qual vós agora fostes traidores e homicidas; Vós, que recebestes a lei por ordenação dos anjos, e não a guardastes” (v. 51-53).

Morte de Estêvão

Estêvão é apedrejado até a morte

As palavras de Estevão enfureceram ao coração daqueles homens porque eram verdade e porque apontavam para as iniqüidades daqueles homens tão cheios de si e que se consideravam tão santos (v. 54).

Mas Estevão, estando cheio do Espírito Santo, fixando os olhos no céu, viu a glória de Deus, e Jesus, que estava à direita de Deus e disse: Eis que vejo os céus abertos, e o Filho do homem, que está em pé à mão direita de Deus (v. 55-56).

Mas eles gritaram com grande voz, taparam os seus ouvidos, e arremeteram unânimes contra ele. E, expulsando-o da cidade, o apedrejavam. E as testemunhas depuseram as suas capas aos pés de um jovem chamado Saulo. E apedrejaram a Estêvão que em invocação dizia: Senhor Jesus, recebe o meu espírito. E, pondo-se de joelhos, clamou com grande voz: Senhor, não lhes imputes este pecado. E, tendo dito isto, adormeceu (v. 57-60).

Como o testemunho de Estevão é tremendo. Ele não se importou com as consequências por declarar a verdade, antes se colocou de frente aqueles homens e com autoridade declarou que eles resistiam ao Espírito Santo, ao passo que negavam a atuação do Espírito de Deus que operava neles fazendo sinais e prodígios.

Por isso Estêvão os chamou homens de dura cerviz, incircuncisos de coração e ouvido, pois não se dobravam para Deus, não eram de fato convertidos, não haviam se deixado ser transformados por Deus em seus corações. Seus sentidos acusavam para as coisas carnais e não espirituais e por isso mataram o filho de Deus, porque cegos em seus conceitos e tradições, não o reconheceram.

No seu último momento de vida Estêvão honrou ao Senhor, sofrendo o que fosse necessário por amor a Jesus e pela salvação das vidas que o apedrejavam e que testemunharam essa cena e nada fizeram para evitá-la, Saulo era uma dessas pessoas. E mesmo em meio a dor Estêvão alcançou paz e me atrevo a dizer que até nesse momento foi feliz pois viu ao filho e a glória do Pai, viu os céus abertos para recebê-lo, ainda se compadeceu de seus algozes, seguindo o exemplo de Jesus e a bíblia diz que adormeceu, não morreu simplesmente, mas descansou nos braços do Senhor que recebeu o seu sacrifício.

About these ads

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


  • fabio magno: muito bom o comentario
  • Rodrigo: Muito bom, obrigado pelo estudo! É o segundo que eu leio, me edificou, com certeza vou continuar a estudar, por favor não desista, se você permanec
  • liliane souza: Nossaa qee benção ! Q Deus abençoee e q Ele possa falar com cda um qe ler ! Fiquem na Paz do Senhor
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: